Eficaz ação hipoglicemiante da Banaba leaf

Compartilhe esse Artigo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O extrato de Banaba (Lagerstroemia speciosa L) tem sido usado por muitos anos pela medicina popular para tratar a diabetes, com seu primeiro estudo publicado em 1940. O efeito hipoglicemiante do Banaba tem sido atribuído tanto pela presença de ácido corosólico (AC) em sua composição, bem como pelos elagitaninos. O ácido corosólico tem mostrado reduzir os níveis glicêmicos no sangue em 60min, em estudos realizados com humanos (MIURA et al., 2012). Além de exibir atividade antihiperlipidêmica, antioxidante, anti-inflamatória, antifúngica, antiviral, antineoplásica e osteoblástica (STOHS et al., 2012). Os efeitos benéficos da Banaba e ácido corosólico envolvem melhora da receptação de glicose celular, prejudica a hidrólise da sacarose e amido, diminui a gliconeogênese, e regula o metabolismo lipídico (MIURA et al., 2012).

A atividade hipoglicemiante induzida pelo extrato possui um perfil de atividade-concentração similar ao da insulina, sugerindo que sua atividade é desencadeada por mecanismos como da insulina. Além disso, foi demonstrado que o extrato de Banaba inibe a diferenciação dos adipócitos. Pré-adipócitos 3T3-L1 tratados com metilisobutilxantina, dexametasona, e insulina (MDI) e Banaba não se diferenciaram em adipócitos como fazem normalmente sob a exclusiva influência do MDI. Este resultado indicou que a banaba inibe a atividade de diferenciação de adipócitos induzida por MDI. Assim, BE difere da insulina na medida em que é anti-adipogênica enquanto a insulina é adipogênica, que é considerada como sendo um efeito secundário negativo de insulina (LIU et al., 2001).

banabaFoi avaliado o efeito do ácido corosólico nos níveis de glicose no sangue e a hidrólise de dissacarídeos no intestino delgado em ratos. O AC (10mg/Kg peso corporal) melhorou a hiperglicemia após uma administração oral de sacarose, e reduziu significativamente a hidrólise de sacarose no intestino delgado. Estes resultados sugerem que a atividade hipoglicemiante do AC é derivada, pelo menos em parte, devido a inibição da hidrólise da sacarose (TAKAGI et al., 2008).

Outro ativo investigou o efeito do AC na gliconeogênese em fígado de rato. O AC diminui de maneira dose dependente a diminuição da gliconeogênese no fígado e hepatócitos isolados. A frutose-2,6-bifosfato (F-2,6-BP), um intermediário da gliconeogênese, desempenha um papel fundamental na produção de glicose hepática através da regulação da gliconeogênese e da glicólise no fígado. O AC aumentou a produção de F-2,6-BP, juntamente com uma diminuição nos níveis intracelulares de cAMP, tanto na presença e na ausência de forscolina em hepatócitos isolados. Embora uma proteína quinase dependente de AMPc (PKA) inibida a gliconeogênese hepática, a droga não intensifica o efeito inibidor do AC na gliconeogênese em hepatócitos isolados. Estes resultados indicam que o AC inibe a gliconeogênese pelo aumento da produção de F-2,6-BP, baixando o nível de cAMP e inibindo a atividade de PKA em hepatócitos isolados. Além disso, um aumento da atividade da glucoquinase em hepatócitos isolados tratados com AC, não afetou a atividade da glicose-6-fosfatase, o que sugere a promoção da glicólise. Esses efeitos sobre o metabolismo da glicose hepática pode ser a base das várias ações anti-diabéticas do AC (YAMADA et al., 2008)diabetes

Um estudo aberto, conduzido por Ikeda e colaboradores (2002), por 1 ano, avaliou a segurança e eficácia de 100mg de Banaba diário. Houve uma diminuição significativa (16,6%) dos níveis de glicose no sangue em jejum, que foi observada nos indivíduos com níveis de glicose no sangue em jejum superior a 110mg/dL. Após 6 meses e 1 ano, uma melhora significativa foi observada com melhora na tolerância a glicose e hemoglobina glicada. O extrato de Banaba não causou hipoglicemia. Nenhuma mudança nas características histológicas e bioquímicas, e efeitos adversos foram observados, no curso de 1 ano de tratamento.

Fórmulas: Click Aqui

Conforme a RDC23/2008, art. 36 – Para a divulgação de informações sobre medicamentos manipulados é facultado às farmácias o direito de fornecer, exclusivamente aos profissionais habilitados a prescrever.

Para acessar as fórmulas é necessário solicitar a senha pelo email [email protected] ou para um de nossos Farmacêuticos.

A senha será liberada exclusivamente para profissionais habilitados a prescrever.

 

Referências:

Ikeda Y, Noguchi M, Kishi S, et al. Blood glucose controlling effects and safety of single and long-term administration on the extract of banaba leaves. Journal of Nutrition & Food. 2002;5:41–53. (Jpn).

Liu F, Kim J, Li Y, Liu X, et al. An extract of Lagerstroemia speciosa L. has insulin-like glucose uptake-stimulatory and adipocyte differentiation-inhibitory activities in 3T3-L1 cells. J Nutr. 2001 Sep; 131(9):2242-7.

Miura T, Takagi S, IshidaT. Management of diabetes and its complication with banaba (Lagerstroemia speciosa L) and corosolic acid. Evid Based Complement Alternat Med. 2012; 2012: 871495.

Stohs SJ, Miller H, kaats GR. A review of the efficacy and safety of banaba (Lagerstroemia speciosa L.) and corosolic acid. Phytother Res. 2012 Mar;26(3):317-24. doi: 10.1002/ptr.3664. Epub 2011 Nov 17.

Takagi S, Miura T, Ishibaschi C, Kawata T, et al. Effect of corosolic acid on the hydrolysis of disaccharides. J. Nutr. Sci Vitaminol. 2008 Jun; 54(3):266-8.

Yamada K, Hosokawa M, Fugimoto S, Fujiwara H, et al. Effect of corosolic acid on gluconeogenesis in rat liver. Diabetes Res Clin Pract. 2008 Apr;80(1):48-55. doi: 10.1016/j.diabres.2007.11.011. Epub 2008 Jan 4.

3 Respostas para Eficaz ação hipoglicemiante da Banaba leaf

  1. marolina da costa gato disse:

    Por favor preciso saber sobre este medicamento pois ja perde quatro pessoas da minha familia por conta do diabetes e estou com uma irma que tem diabetes e importante saber mas sobre esta formula precisamos por favor agradeço.

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.