Categoria de Artigos: Cardiologia

Vitamina D no Diabetes e DAC

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Suplementação de Arginina na Função Endotelial

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Benefícios de Betaglucanos na Obesidade

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Suplementação com Vitamina D no Diabetes

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Fenogrego na Modulação dos Níveis Hormonais em Homens

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

F4T Redux: Nutracêutico para Tratamento de Controle de Peso

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Polidextrose e o Aumento da Secreção de GLP-1

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Uso de Vitaminas e Minerais no tabagismo

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

NOVO FARMACO PARA O TRATAMENTO DA OBESIDADE: LORCASERINA

A obesidade tem alcançado proporções epidêmicas globais, com uma prevalência que quase duplicou nos últimos 20 anos. A obesidade é descrita como uma condição na qual um indivíduo tem uma quantidaperda pesode de gordura corporal muito elevada, em relação à massa magra, geralmente definido como Índice de Massa Corporal (IMC), sendo este maior ou igual a 30Kg/m2 (OMS, 2003). De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) mais de 1 bilhão de adultos no mundo, estão acima do peso, e pelo menos 300 milhões são obesos. A obesidade é o maior fator de risco para diabetes tipo 2, hipertensão, ataque cardíaco, e para muitas formas de câncer, incluindo de mama e de cólon (FONTAINE et al., 2003).

O tratamento da obesidade e de pacientes com sobrepeso, primeiramente, ocorre com mudança do estilo de vida do paciente, com dieta e atividade física. Embora a modificação do comportamento possa ser muito eficaz em alguns pacientes, a adesão ao regime prescrito é muito pequena. Assim, a farmacoterapia pode desempenhar um papel importante na conduta de perda de peso (BAUMANN et al., 2000).

Melatonina já disponível no Brasil

Finalmente a  melatonina poderá ser comercializada no Brasil. Produto que reconhecidamente modula e melhora a qualidade do sono.

Alguns dos benefícios da Melatonina:

  • Regula o ritmo circadiano (PANDI-PERUMAL et al.,2008; COMAI, GOBBI, 2014; EMET et al., 2016);
  • Regula o gasto de energia e a massa corporal (EKMEKCIOGLU, 2006)
  • Auxilia o desenvolvimento durante a puberdade (PANDI-PERUMAL et al.,2008);
  • Controla a postura e o equilíbrio corporal, além das atividades motoras (PANDI-PERUMAL et al.,2008; UZ et al.,2005);
  • Regula a memória, ativando diretamente neurônios do hipocampo (COMAI & GOBBI, 2014);
  • Ação antidepressiva, ansiolítica e antineofóbica (UZ et al.,2005);
  • Ação neuroprotetora (UZ et al.,2005);
  • Anti-inflamatório, analgésico e Antioxidante (LY et al., 2013; COMAI e GOBBI, 2014);
  • Regula a secreção do hormônio libertador de gonadotrofina e estimula produção de progesterona (DUBOCOVICH et al.,2003);
  • Regula a adaptação da retina para baixas intensidades de luz (EKMEKCIOGLU, 2006);
  • Reduz pressão sanguínea (EKMEKCIOGLU, 2006);
  • Modula os processos de transporte de íons e a motilidade no trato gastrointestinal (EKMEKCIOGLU, 2006).

Revista Científica Artesanal

.

.

.

.

.

.

Índice

Testofen®: Aumenta os Níveis de Testosterona Livre ……………………………………………… 3
Silimarina: Apresenta Significativo Efeito Hepatoprotetor ………………………………………. 4
Associação de Enalapril e Ácido Fólico no Tratamento de Pacientes Hipertensos ………. 7
Gestrinona: Reduz a Dor em Pacientes Com Endometriose Refratária ……………………… 10
Topiramato: Ação Segura e Efi caz na Redução do Peso ………………………………………….. 12
UC-II: Tratamento Efetivo para Melhora da Saúde Articular …………………………………….14
Thermo HD:Novo Complexo Termogênico para Praticantes de Exercícios ………………… 16
Morosil®: Potente Ação Antioxidante das Antocianinas da Laranja Vermelha ………….. 18

Uncaria tomentosa

 Uncaria tomentosa é um membro da família Rubiaceae e é nativa da bacia da Amazônia. Ela é muito distribuída nos seguintes países: Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Guiana Francesa, Guiana, Nicarágua, Panamá, Peru, e Venezuela. No Brasil, U. tomentosa cresce nos estados do Acre, Amapá, Amazonas e Para. A planta é popularmente conhecida como “unha de gato” pela aparência de garra, característica dos seus espinhos (DE PAULA et al.,2015).

A vasta gama de atividades atribuídas a U. tomentosa é principalmente dada  à presença de três frações principais de metabolitos secundários: polifenóis, alcaloides e glicosídeos do ácido quinóvico. Por exemplo, extratos hidroalcoólicos de U. tomentosa com glicósido de ácido quinóvico foram capazes de diminuir o edema da pata em ratos, desta forma, pode ser dizer também que a força da ação anti-inflamatória desta planta está relacionada com o trabalho de sinergismos entre seus componentes (DIETRICH et al.,2015; AQUILAR et al., 2012; HEITZMAN et al.,2005; RIZZI et al. 1993).

Cordia verbenacea

Possui propriedades   anti-inflamatórias naturais.Diferentes espécies de plantas do gênero Cordia são usados ​​na medicina popular como medicação anti-inflamatória em todas as regiões tropicais e subtropicais do mundo. No Brasil, Cordia verbenacea é uma planta medicinal conhecida como “erva-baleeira”. É distribuída ao longo da região costeira do Brasil e utilizada na medicina tradicional como antirreumático, anti-inflamatório e analgésico, com propriedades curativas de extrato alcoólico, decocção e infusão (AKISUE et al., 1983; FERNANDES et al., 2007; OLIVEIRA et al., 2011).

Estudos demontraram que o extrato obtido da C. verbenacea exibe importantes propriedades anti-inflamatórias administrada tanto de forma oral quanto tópica (SERTIÉ et al., 2005; BASILE et al., 1989; OLIVEIRA et al., 1998; TICLE et al., 2005; FERNANDES et al., 2007).

O Formulário Nacional Fitoterápico da Farmacopéia Brasileira descreve o uso tópico das folhas de Cordia verbenacea como anti-inflamatório em forma de infuso, como compressa ou em forma de pomada (Formulário Nacional Fitoterápico, 2011).

Curcuma longa

Curcuma é uma especiaria amplamente utilizada como corante e aromatizante e que vem da raiz da Curcuma longa, está na lista de substancias GRAS (Generally Recognized as Safe), da FDA (Food and Drug Administration). A Curcuma tem sido utilizada para várias condições medicinais, incluindo a rinite, a cicatrização de feridas, resfriado comum e infecções da pele, de fígado e doenças do trato urinário (AGGARWAL et al., 2004; CHAINANI-WU, 2003; AKHTAR et al.,2012).Possui propriedades   anti-inflamatórias naturais.

O principal constituinte de cúrcuma é curcumina (diferuloylmethane), que constitui até 90% do total do conteúdo de curcuminóides (AGGARWAL et al., 2004).

Anti-inflamatórios naturais

No primeiro século d.C, Celsius descreveu os principais sintomas clínicos da inflamação: dolor (dor), rubor (vermelhidão), tumor (inchaço) e calor (calor). Os mecanismos moleculares responsáveis ​​pelo desenvolvimento destes sintomas são agora entendidos como resultado de uma maior expressão de um subconjunto de genes que normalmente mantêm a homeostasia fisiológica. Inúmeras doenças são causadas ou agravadas pela inflamação. Muitos pesquisadores buscam anti-inflamatórios naturais para tentar controlar a inflamação crônica com o mínimo de efeitos adversos. 

Por exemplo, mediadores solúveis, tais como o óxido nítrico (NO), prostaglandinas (PGs), fator de necrose tumoral-α (TNF-α), e interleucina-1 (IL-1) geralmente desempenham um papel no controle de funções importantes, tais como a regulação da pressão sanguínea, agregação plaquetária e a temperatura do corpo. Sob condições inflamatórias patologicamente, no entanto, a produção destas moléculas promovem eventos desde o aumento na infiltração de leucócitos e permeabilidade vascular à falha do órgão. A inibição seletiva destas e de outras atividades inflamatórias continua a ser um objetivo importante para o tratamento eficaz da inflamação (D’ACQUISTO et al., 2002; KARIN & BEM-NERIAH, 2000; GHOSH et al.,1998).

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.