Categoria de Artigos: Revisões Bibliográficas Oto

Revista Científica Artesanal

.

.

.

.

.

.

Índice

Testofen®: Aumenta os Níveis de Testosterona Livre ……………………………………………… 3
Silimarina: Apresenta Significativo Efeito Hepatoprotetor ………………………………………. 4
Associação de Enalapril e Ácido Fólico no Tratamento de Pacientes Hipertensos ………. 7
Gestrinona: Reduz a Dor em Pacientes Com Endometriose Refratária ……………………… 10
Topiramato: Ação Segura e Efi caz na Redução do Peso ………………………………………….. 12
UC-II: Tratamento Efetivo para Melhora da Saúde Articular …………………………………….14
Thermo HD:Novo Complexo Termogênico para Praticantes de Exercícios ………………… 16
Morosil®: Potente Ação Antioxidante das Antocianinas da Laranja Vermelha ………….. 18

Hidroxitirosol Presente no Azeite de Oliva:30 Motivos para Usar

A Oliva (Olea europaea L.) é uma planta muito presente na paisagem mediterrânica e fonte de azeite de oliva, um ingrediente importantíssimo na “dieta mediterrânea”. A Oliva é distribuída nas áreas costeiras da bacia do mediterrâneo oriental, sudeste da Europa, norte do Irã na extremidade sul do Mar Cáspio, Ásia Ocidental e África do Norte. Mercado do azeite é muito significativo na indústria de oliva, pois cerca de 90% de azeitonas produzidas anualmente são destinadas para o  processamento de óleo (MISIRLI et al., 2012; HASHMI et al.,2015).

Oliveira e seus frutos também são importantes no contexto da religião, pois são narradas várias vezes na bíblia, tanto no Antigo e Novo Testamentos (HASHMI et al., 2015).

Folhas e azeite de oliva foram usados durante séculos nesta área para o tratamento de diversas patologias, incluindo doenças cardiovasculares, alguns tipos de câncer, diabetes, hipertensão, inflamação, diarreia, problemas respiratórios e infeções no trato urinário, infeções do estômago, doenças intestinais, asma, hemorróidas, reumatismo, laxante, higienização bucal e como um vasodilatador ( BENDINI et al.,2007; MISIRLI et al., 2012; HASHMI et al.,2015).

Tratamento da Tansilofaringite

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Associação de antimicrobianos orais para tratamento do mau hálito

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Benefícios do SAME na Osteoartrite e Doenças hepáticas

S-adenosilmetionina (SAMe) é produzido no fígado a partir de metionina. O SAMe parece aumentar os condrócitos e a espessura da cartilagem, e pode também diminuir o dano dos condrócitos induzido por citocina. O S-adenosilmetionina tem sido utilizado no tratamento da osteoartrite, bem como outras doenças tais como a depressão e a doença hepática (WILSON; SPERRY; GREGORY, 2008).

Hardy e colaboradores (2003) realizaram uma revisão abrangente da literatura e da síntese de provas sobre a utilização de S-adenosilmetionina (SAMe) no tratamento da depressão, osteoartrite e doença hepática. Os estudos analisados indicaram que SAMe é mais eficaz do que o placebo no alívio dos sintomas da depressão e dor causada pela osteoartrite. O tratamento com SAMe foi equivalente à terapia padrão para a depressão e osteoartrite.

Potencial antioxidante e antiinflamatório do Hidroxitirosol

Inflamação

O hidroxitirosol isolado do óleo de oliva extra virgem, possui uma marcada atividade antioxidante e boa ação na eliminação dos radicais livres. Foi examinado o mecanismo antiinflamatório do HT medindo a indução de óxido nítrico sintase (iNOS), expressão de cicloxigenase-2 (COX-2), formação de TNF-α e liberação de óxido nítrico em células monocíticas humana, induzida. Os resultados do trabalho mostram que o HT possui uma marcada supressão da indução de liberação de NO pelo LPS, que é significativamente atenuado pela transcripção de TNF- α, iNOS e COX-2 dependente da dose. Além disso, foi encontrado que o HT, de maneira dependente da concentração, inibiu a expressão de iNOS e COX-2 de células monocíticas humanas. Em conjunto, estes sugerem que o HT exerce um efeito antiinflamatório, provavelmente, pela supressão de COX-2 e iNOS (ZHANG, et al., 2012).

ARNICA no tratamento da osteoartrite, hematomas e contusões

Lychnophora passerina (Asteraceae), popularmente conhecida como “arnica,” é usada para o tratamento de inflamação, dor, reumatismo, contusões e picadas de insetos na medicina tradicional brasileira (CAPELARI-OLIVEIRA, et. al., 2011) e estudos recentes vêm para comprovar a eficácia da arnica nessas situações.

Cissus quadrangularis para o tratamento da obesidade e osteoporose

Uma vez considerado como um problema dos países desenvolvidos, a obesidade e as complicações relacionadas a ela (como a Síndrome Metabólica) estão se espalhando rapidamente por todo o mundo. Assim, os estudos a seguir avaliaram a aplicação do Cissus quadrangularis no tratamento da Síndrome Metabólica, particularmente na perda de peso e na obesidade central. Cissus quadrangularis é uma planta muito utilizada nos países do oriente, e análises fitoquímicas revelam um alto conteúdo de ácido ascórbico, caroteno, fitoesterois e cálcio. Todos estes componentes possuem efeitos potenciais metabólicos e fisiológicos (OBEN, et al., 2006). Extratos e pós de C. quadrangularis tem sido utilizado a muitos anos para promover a cicatrização de ossos e tecidos, como analgésico, para o tratamento de infecções, como anabólico e para promover perda e manutenção de peso (STOHS; RAY, 2012).

Alternativas para o tratamento da Fibromialgia

A fibromialgia (FM) é uma Síndrome de dor crônica que afeta até 5% da população mundial. Clinicamente é caracterizada pela presença de dor difusa e pontos de hipersensibilidade, detectados por exame físico, e geralmente é acompanhado por fadiga, sono e transtornos de humor. O tratamento da FM inclui terapia não farmacológica e farmacológica. Muitos pacientes respondem bem ao exercício físico, e até 50% dos casos respondem adequadamente ao tratamento com antidepressivos tricíclicos, tal como baixas doses de amitriptilina. Vários outros fármacos utilizados em estudos controle têm mostrado aliviar os sintomas da FM, incluindo fluoxetina, duloxetina, milnacipran, ciclobenzaprina, gabapentina, pregabalina e tramadol. Estudos recentes mostram que a medicina alternativa, com Panax ginseng, tem mostrado uma alternativa para o tratamento da doença (BRAZ, et al, 2013).       

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.