Categoria de Artigos: Nutricionista

F4T Redux: Nutracêutico para Tratamento de Controle de Peso

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Polietilenoglicol na Constipação Infantil

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Polidextrose e o Aumento da Secreção de GLP-1

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Suplementação com Coenzima Q10 na Síndrome do Ovário Policístico

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Uso de Vitaminas e Minerais no tabagismo

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Probióticos no tratamento de obesidade e síndrome metabólica

Probióticos na síndrome metabólica

A obesidade e as síndromes metabólicas estão cada vez mais presentes na população mundial, e por isso, vários tratamentos estão sendo estudados para garantir um melhor resultado com efeitos colaterais mínimos.

Relação entre a microbiota e a síndrome metabólica

TREMAROLI & BÄCKHED, 2012

A microbiota intestinal tem um papel fundamental no funcionamento normal de diversos  sistemas, entre eles, o metabólico e o imunológico, e por isso, consegue desempenhar um papel importante em doenças relacionadas a este sistema (SANZ et al.,2015; ARRIETA et al.,2014).

A microbiota do ser humano

Fonte: RAY, 2012.

Fonte: RAY, 2012.

A frase “nenhum homem é uma ilha”, escrita por Jonh Donne, esta certa de uma maneira muito singular, nós nunca estamos sozinhos, estamos sempre acompanhados por um número surpreendente de microrganismos que colonizam as superfícies do nosso corpo e mucosa (LOBO et al.,2016).

Apesar do ponto de vista antropocêntrico, que garante que somos organismos altamente evoluídos e autossuficientes, pesquisas com animais livres de microrganismos conta uma história diferente. Os microrganismos são fundamentais em cada etapa da nossa vida, e sem eles não seriamos capazes de sobreviver neste mundo (LOBO et al.,2016).

Melatonina já disponível no Brasil

Finalmente a  melatonina poderá ser comercializada no Brasil. Produto que reconhecidamente modula e melhora a qualidade do sono.

Alguns dos benefícios da Melatonina:

  • Regula o ritmo circadiano (PANDI-PERUMAL et al.,2008; COMAI, GOBBI, 2014; EMET et al., 2016);
  • Regula o gasto de energia e a massa corporal (EKMEKCIOGLU, 2006)
  • Auxilia o desenvolvimento durante a puberdade (PANDI-PERUMAL et al.,2008);
  • Controla a postura e o equilíbrio corporal, além das atividades motoras (PANDI-PERUMAL et al.,2008; UZ et al.,2005);
  • Regula a memória, ativando diretamente neurônios do hipocampo (COMAI & GOBBI, 2014);
  • Ação antidepressiva, ansiolítica e antineofóbica (UZ et al.,2005);
  • Ação neuroprotetora (UZ et al.,2005);
  • Anti-inflamatório, analgésico e Antioxidante (LY et al., 2013; COMAI e GOBBI, 2014);
  • Regula a secreção do hormônio libertador de gonadotrofina e estimula produção de progesterona (DUBOCOVICH et al.,2003);
  • Regula a adaptação da retina para baixas intensidades de luz (EKMEKCIOGLU, 2006);
  • Reduz pressão sanguínea (EKMEKCIOGLU, 2006);
  • Modula os processos de transporte de íons e a motilidade no trato gastrointestinal (EKMEKCIOGLU, 2006).

Revista Científica Artesanal

.

.

.

.

.

.

Índice

Testofen®: Aumenta os Níveis de Testosterona Livre ……………………………………………… 3
Silimarina: Apresenta Significativo Efeito Hepatoprotetor ………………………………………. 4
Associação de Enalapril e Ácido Fólico no Tratamento de Pacientes Hipertensos ………. 7
Gestrinona: Reduz a Dor em Pacientes Com Endometriose Refratária ……………………… 10
Topiramato: Ação Segura e Efi caz na Redução do Peso ………………………………………….. 12
UC-II: Tratamento Efetivo para Melhora da Saúde Articular …………………………………….14
Thermo HD:Novo Complexo Termogênico para Praticantes de Exercícios ………………… 16
Morosil®: Potente Ação Antioxidante das Antocianinas da Laranja Vermelha ………….. 18

Formulário: Anti-inflamatorios Naturais

Conteúdo é exclusivo para médicos e nutricionistas.

- Para ver o conteúdo deste artigo, você precisa efetuar o Login.
- Caso você não seja cadastrado, faça o registro.
- É obrigado preencher todos os campos do cadastro.
- Após análise do cadastro a Farmácia Artesanal se reserva no direito de não autorizar o acesso ao conteúdo técnico.

Uncaria tomentosa

 Uncaria tomentosa é um membro da família Rubiaceae e é nativa da bacia da Amazônia. Ela é muito distribuída nos seguintes países: Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Guiana Francesa, Guiana, Nicarágua, Panamá, Peru, e Venezuela. No Brasil, U. tomentosa cresce nos estados do Acre, Amapá, Amazonas e Para. A planta é popularmente conhecida como “unha de gato” pela aparência de garra, característica dos seus espinhos (DE PAULA et al.,2015).

A vasta gama de atividades atribuídas a U. tomentosa é principalmente dada  à presença de três frações principais de metabolitos secundários: polifenóis, alcaloides e glicosídeos do ácido quinóvico. Por exemplo, extratos hidroalcoólicos de U. tomentosa com glicósido de ácido quinóvico foram capazes de diminuir o edema da pata em ratos, desta forma, pode ser dizer também que a força da ação anti-inflamatória desta planta está relacionada com o trabalho de sinergismos entre seus componentes (DIETRICH et al.,2015; AQUILAR et al., 2012; HEITZMAN et al.,2005; RIZZI et al. 1993).

Cordia verbenacea

Possui propriedades   anti-inflamatórias naturais.Diferentes espécies de plantas do gênero Cordia são usados ​​na medicina popular como medicação anti-inflamatória em todas as regiões tropicais e subtropicais do mundo. No Brasil, Cordia verbenacea é uma planta medicinal conhecida como “erva-baleeira”. É distribuída ao longo da região costeira do Brasil e utilizada na medicina tradicional como antirreumático, anti-inflamatório e analgésico, com propriedades curativas de extrato alcoólico, decocção e infusão (AKISUE et al., 1983; FERNANDES et al., 2007; OLIVEIRA et al., 2011).

Estudos demontraram que o extrato obtido da C. verbenacea exibe importantes propriedades anti-inflamatórias administrada tanto de forma oral quanto tópica (SERTIÉ et al., 2005; BASILE et al., 1989; OLIVEIRA et al., 1998; TICLE et al., 2005; FERNANDES et al., 2007).

O Formulário Nacional Fitoterápico da Farmacopéia Brasileira descreve o uso tópico das folhas de Cordia verbenacea como anti-inflamatório em forma de infuso, como compressa ou em forma de pomada (Formulário Nacional Fitoterápico, 2011).

Curcuma longa

Curcuma é uma especiaria amplamente utilizada como corante e aromatizante e que vem da raiz da Curcuma longa, está na lista de substancias GRAS (Generally Recognized as Safe), da FDA (Food and Drug Administration). A Curcuma tem sido utilizada para várias condições medicinais, incluindo a rinite, a cicatrização de feridas, resfriado comum e infecções da pele, de fígado e doenças do trato urinário (AGGARWAL et al., 2004; CHAINANI-WU, 2003; AKHTAR et al.,2012).Possui propriedades   anti-inflamatórias naturais.

O principal constituinte de cúrcuma é curcumina (diferuloylmethane), que constitui até 90% do total do conteúdo de curcuminóides (AGGARWAL et al., 2004).

Anti-inflamatórios naturais

No primeiro século d.C, Celsius descreveu os principais sintomas clínicos da inflamação: dolor (dor), rubor (vermelhidão), tumor (inchaço) e calor (calor). Os mecanismos moleculares responsáveis ​​pelo desenvolvimento destes sintomas são agora entendidos como resultado de uma maior expressão de um subconjunto de genes que normalmente mantêm a homeostasia fisiológica. Inúmeras doenças são causadas ou agravadas pela inflamação. Muitos pesquisadores buscam anti-inflamatórios naturais para tentar controlar a inflamação crônica com o mínimo de efeitos adversos. 

Por exemplo, mediadores solúveis, tais como o óxido nítrico (NO), prostaglandinas (PGs), fator de necrose tumoral-α (TNF-α), e interleucina-1 (IL-1) geralmente desempenham um papel no controle de funções importantes, tais como a regulação da pressão sanguínea, agregação plaquetária e a temperatura do corpo. Sob condições inflamatórias patologicamente, no entanto, a produção destas moléculas promovem eventos desde o aumento na infiltração de leucócitos e permeabilidade vascular à falha do órgão. A inibição seletiva destas e de outras atividades inflamatórias continua a ser um objetivo importante para o tratamento eficaz da inflamação (D’ACQUISTO et al., 2002; KARIN & BEM-NERIAH, 2000; GHOSH et al.,1998).

Ativos para ganho de massa magra

Atualmente existe uma grande procura por substâncias que aumentam a produção de massa muscular. Muitas dessas substâncias atuam aumentando a produção de testosterona ou inibindo a sua transformação para dihidrotestosterona ou estradiol. Segue uma revisão bibliográfica sobre alguns ativos que possuem ação direta ou indireta no ganho de massa magra:

1) Oxandrolona

Andrógenos atuam nas suas células alvo através de uma ligação direta e uma interação indireta com o receptor, resultando na regulação da expressão do gene (BALAGOPAL et al., 2006).

Estudos demonstram claramente, que o hormônio esteroide testosterona e o seu análogo sintético, a oxandrolona, tem o potencial para aumentar a massa muscular esquelética humana (SHEFFIELD-MOORE, 2000).

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.