Arquivo de Tags: células T

UC-II: Novo ativo para o tratamento da Artrite

A artrite aflige aproximadamente 43milhões de Americanos, os dois tipos mais comuns de artrite são a osteoartrite (OA) e a artrite reumatóide (AR) (CROWLEY et al., 2009). A osteoartrite (OA) é definida pela Sociedade Americana de Reumatologia como um grupo heterogêneo de condições caracterizadas pela degeneração da cartilagem articular e por mudanças ósseas subjacentes nas articulações (ALTMAN, et al., 1986). Tratamentos não-cirúrgicos comuns para a OA incluem os inibidores da ciclooxigenase- 2 (COX-2) e antiinflamatórios não-esteroidais, alvos para a dor e inflamação. Infelizmente, muitos destes fármacos mostram-se com eficácia limitada e são associados a diversos efeitos adversos, e a alta toxicidade (SARZI-PUTTINI et al., 2005).

Apresentação do UC-II com animação

Fotoproteção Oral – Tratamento adjuvante à Fotoproteção tópica

A fotoproteção pode ser fornecida não só por bloqueadores da radiação UV, mas também por substâncias orais. Foram identificadas associações entre alimentos e câncer de pele, e substância orais que são foto protetoras em humanos. A radiação UV inibe a produção de ATP, causando uma crise energética, o que impede a imunidade ótima da pele e o reparo do DNA. Aumentar a produção de ATP com nicotinamida oral protege da imunossupressão causada pela radiação UV, aumenta o reparo do DNA e reduz a ocorrência de câncer de pele em humanos. As espécies reativas de oxigênio (ERO) também contribuem para o foto dano, mas pode-se proteger a pele com substâncias que possuem polifenóis em frutas, legumes, vinho, chá e alimentos que contém cafeína. Substâncias consumidas por via oral, seja por dieta ou por suplementos, pode influenciar as respostas cutâneas a radiação UV (CHEN et al., 2014).

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.