Arquivo de Tags: gordura

INDICAÇÕES PARA O ÔMEGA 3

BENEFÍCIOS DO ÔMEGA 3

Os ácidos graxos poliinsaturados do Omega-3 são conhecidos por aliviar a rigidez e a dor em pacientes com artrite reumatóide embora, os mecanismos através dos quais estes exercem os seus efeitos benéficos não tenha sido completamente explorada. Uma nova classe de mediadores lipídicos bioativos, que são enzimaticamente biosintetisadas in vivo a partir ômega-3, o ácido eicosapentanóico (EPA) e docosahexanóico (DHA), podem exercer ações anti-inflamatórias e são mais potentes do que os seus precursores (LEE, et al., 2012).

Lactobacillus gasseri – Novo conceito para perda de peso

A obesidade está associada a alteração na microbiota intestinal. Diferentes espécies de lactobacillus estão associados a diferentes efeitos nas mudanças de peso. Vários estudiosos mostraram que o L. gasseri está associado com a perda de peso, comprovado por estudos realizados em humanos e animais (MILLION et al., 2012). O uso do Bifidobacterium ssp. foi  correlacionado com a melhora na tolerância glicose, na secreção de insulina induzida por glicose, e normaliza a inflamação (diminui a endotoxemia, citocinas pró-inflamatórias no plasma e no tecido adiposo) (CANI et al., 2007). Outro probiótico estudado é o L. plantarum que mostra redução da massa gorda, pela modulação da adipogênese em preadipócitos em maturação (PARK et al., 2011).

Gymnema sylvestre no tratamento da Diabetes Mellitus

A Diabetes Mellitus é uma desordem metabólica causada por insuficiência ou ineficiência à resposta a secreção de insulina, e é caracterizada por elevados níveis de glicose no sangue. Existem três defeitos chaves para o aparecimento de hiperglicemia na DM, o aumento da produção de glicose hepática, diminuição da secreção de insulina, e ação deficiente da insulina. Os fármacos tradicionais para o tratamento da DM agem melhorando a sensibilidade à insulina, aumentando a produção e/ou diminuindo a quantidade de glicose no sangue. A Gymnema sylvestre (GS) age aumentando a secreção de insulina, melhorando a recaptação de glicose pelo tecido adiposo e pela musculatura esquelética, inibindo a absorção de glicose intestinal e inibindo a produção hepática de glicose (PRABHAKAR, et al., 2011).

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.